Assistente de Segurança

Pode haver ocasiões nas quais a Air New Zealand irá solicitar que o passageiro viaje com um Assistente de Segurança.

Alguns exemplos de quando é necessário viajar com um assistente de segurança:

  • Quando estiver viajando em uma maca.
  • Quando o passageiro não pode entender ou responder de forma apropriada às instruções dos funcionários da companhia aérea.
  • Quando o passageiro não pode estabelecer meios de comunicação com a tripulação de cabine.
  • Quando o passageiro não pode fisicamente ajudar na sua própria evacuação da aeronave em caso de uma emergência.

Caso possa ajudar fisicamente na sua própria evacuação e estiver confiante de poder fazê-lo, neste caso é possível viajar de forma independente sem ter a necessidade de viajar com um assistente de segurança, se assim o desejar.

Caso não possa ajudar na sua própria evacuação em caso de emergência, é possível viajar conosco, no entanto será necessário viajar com um assistente de segurança de 16 anos de idade ou mais capaz de fisicamente assisti-lo na sua evacuação.

Nossa tripulação de cabine está disponível para ajudá-lo, mas existem situações nas quais não será possível fazê-lo.

Caso necessite de assistência para se alimentar, tomar medicamentos ou ir ao banheiro durante o voo, será necessário viajar com uma pessoa de 16 anos ou mais capaz de assisti-lo com as suas necessidades.

Caso não necessite deste nível de assistência durante o voo, é possível viajar de forma independente.

Responsabilidades do assistente de segurança

É de responsabilidade do cliente organizar a viagem do assistente de segurança. Um assistente que irá ajudá-lo durante a viagem deve ter pelo menos 16 anos de idade e ser física e mentalmente capaz de assisti-lo. Talvez seja necessário que o seu assistente tenha que transferi-lo de/para o seu assento, por este motivo esta pessoa deverá ter força física e experiência em técnicas de transferência.

Um assistente talvez tenha também que ajudar a alimentá-lo, administrar medicamentos, acompanhá-lo ao banheiro e também com a parte de Imigração e Alfândega no caso de voos internacionais. Por razões de segurança, os assistentes devem estar sentados na mesma cabine que o passageiro.