Conselho da Air New Zealand

Veja abaixo os perfis dos diretores da Air New Zealand.

Nesta página você também encontrará o estatuto do conselho da Air New Zealand, informações sobre a autonomia dos diretores e informações sobre nomeações e seleções.

Veja também nossos comitês de gestão.

Antony (Tony) Carter, presidente

Bacharel (com honras) e mestre em engenharia, mestre em filosofia
Diretor não executivo independente (nomeado em 1º de dezembro de 2010)

Board member Tony Carter

O Sr. Carter é presidente da Fisher & Paykel Healthcare Limited, um dos diretores da Fletcher Building Limited e do ANZ Bank New Zealand Limited, bem como presidente independente da Blues LLP.

Frequentou a Universidade de Canterbury, quando estudou engenharia química, graduando-se bacharel em engenharia com honras, e como mestre em engenharia em 1980. Continuou seu estudos na Loughborough University of Technology no Reino Unido e se formou em 1982 com a titulação de mestre em filosofia.

O Sr. Carter trabalhou na empresa de sua família, a Carter Group Limited, em Christchurch até 1986, quando adquiriu uma loja de ferragens, Mitre 10, eventualmente também atuando como diretor da Mitre 10 New Zealand Limited e, posteriormente, tornando-se presidente dessa empresa em 1993.

Em 1994, o Sr. Carter foi nomeado gerente geral e diretor executivo eleito da Foodstuffs (South Island) Limited. Em 1995, ele foi nomeado diretor executivo da Foodstuffs (South Island) Limited, e em 2001, diretor administrativo da Foodstuffs (Auckland) Limited e da Foodstuffs (New Zealand) Limited até sua aposentadoria em dezembro de 2010. O Foodstuffs Group é a maior organização de varejo da Nova Zelândia.

Janice (Jan) Dawson, vice-presidente

Bacharel em comércio, contadora certificada
Diretora não executiva independente (nomeada em 1º de abril de 2011)

Jan Dawson.

A Sra. Dawson é presidente da Westpac New Zealand e diretora da AIG Insurance New Zealand Limited, do Beca Group Limited e da Meridian Energy Limited. A Sra. Dawson é membro do conselho da Universidade de Auckland, do comitê de investimentos do Conselho Nacional de Saúde e gestora do New Zealand National Maritime Museum.

A Sra. Dawson foi sócia da KPMG por 30 anos, especializando-se em auditoria e consultoria de riscos, presidente e diretora executiva da KPMG New Zealand de 2006 até 2011.

A Sra. Dawson é bacharel em comércio pela Universidade de Auckland. Ela é membro do Instituto Neozelandês de Contadores Certificados, membro do Instituto de Diretores da Nova Zelândia, uma "Paul Harris Fellow" e uma laureada do North Shore Business Hall of Fame (2010). A Sra. Dawson foi apontada como Contadora Certificada do Ano em 2011 pelo Instituto Neozelandês de Contadores Certificados.

Paul Bingham

Bacharel em administração
Diretor não executivo independente (nomeado em 1º de julho de 2008)

Paul Bingham.

O Sr. Bingham é diretor geral e de operações da Shuttlerock Limited, uma plataforma de software que se associa a empresas para trazer conteúdo dos clientes para seus canais digitais. Ele também é presidente da Black Cat Cruises Limited, uma operação de turismo de cruzeiros baseada na Península de Banks, perto de Christchurch, além de diretor da Ngai Tahu Tourism Ltd.

Sua experiência com turismo inclui funções na área marketing na Tourism Holdings Limited e na Air New Zealand Limited, e ele já foi diretor do Tourism New Zealand e presidente do Christchurch & Canterbury Tourism. O Sr. Bingham foi um vencedor do prêmio Jovens Profissionais PATA.

Ao longo de sua carreira de 23 anos, ele trabalhou no Reino Unido, nos EUA e em Cingapura, bem como na Nova Zelândia.

Robert (Rob) Jager

Bacharel em engenharia (com honras), MBA
Diretor não executivo independente (nomeado em 1º de abril de 2013)

Rob Jager.

O Sr. Jager é presidente das empresas Shell na Nova Zelândia e gerente geral da Shell Todd Oil Services. Ele foi diretor da força-tarefa de fiscalização da segurança e saúde no trabalho na Nova Zelândia, que tem sido essencial para encorajar mudanças fundamentais na abordagem do país às questões de saúde e segurança no trabalho. O Sr. Jager integra a diretoria da Associação de Produção e Exploração do Petróleo na NZ, bem como o Business Leaders Health and Safety Forum. O Sr. Jager é um diretor do projeto Sustainable Seas no National Science Challenge.

O Sr. Jager entrou na Shell da Nova Zelândia em 1978 como um engenheiro aprendiz. Ele concluiu sua graduação como bacharel em engenharia em 1983 com honras de 1ª classe e mais tarde recebeu um diploma de MBA com distinção. O Sr. Jager tem quase 40 anos de experiência na indústria de petróleo e gás, tendo trabalhado para a Shell em uma série de funções de engenharia, projeto, operações, negócios, gerenciamento e governança na Nova Zelândia e no exterior.

Uma parte crucial de suas funções na Shell e na Shell Todd Oil Services envolve a total responsabilidade sobre todos os aspectos de segurança pessoal e em procedimentos. O Sr. Jager oferece uma liderança visível nessas áreas críticas. O Sr. Jager é presidente do Comitê de Segurança da Air New Zealand desde setembro de 2014.

Linda Jenkinson

Bacharel em estudos de negócios, MBA
Diretora não executiva independente (nomeada em 1º de junho de 2014)

Linda Jenkinson.

A Sra. Jenkinson é presidente e cofundadora da John Paul Inc., uma empresa de soluções digitais e serviços de concierge global, com sede no Reino Unido, que serve alguns dos maiores líderes mundiais em empreendimentos voltados para clientes.

A Sra. Jenkinson é atualmente diretora e secretária da fundação Massey University US e membro de consultoria da Global Women.

A Sra. Jenkinson possui o título de mestre em administração de negócios (MBA) pela The Wharton School, Universidade da Pensilvânia e um diploma de bacharel em estudos de negócios pela Massey University.

Em 2016, a Sra. Jenkinson foi apontada como uma neozelandesa de renome internacional e premiada, em 2014, como uma das mulheres mais influentes da área da baía de São Francisco pela San Francisco Business Times, além de ser a vencedora do Sir Geoffrey Peren Award da Massey University de 2014, que reconhece um pós-graduado que alcançou o mais alto nível de realizações ou que prestou serviços significativos para a universidade, a comunidade ou a nação.

Jonathan Mason

Bacharel e mestre em artes, MBA
Diretor não executivo independente (nomeado em 1º de março de 2014)

Jonathan Mason.

O Sr. Mason tem mais de 30 anos de experiência no setor financeiro, com uma ênfase em mercados emergentes.

Antes de integrar o Conselho de Diretoria da Air New Zealand em março de 2014, ele foi diretor financeiro do Fonterra Co-operative Group.

O Sr. Mason ingressou na Fonterra em 2009 pela Cabot Corporation, uma empresa de produtos químicos com sede nos EUA, na qual ele era vice-presidente executivo e diretor financeiro. Antes disso, ele foi diretor financeiro na empresa de produtos florestais Carter Holt Harvey Limited, além de ter trabalhado em posições sênior de gestão financeira na empresa estadunidense International Paper.

O Sr. Mason teve experiências de governança tanto em organizações nos Estados Unidos como na Nova Zelândia. Suas atuais diretorias incluem a Vector Limited, a Westpac NZ e a Zespri Group Limited. O Sr. Mason também atua como professor adjunto de administração na Universidade de Auckland, com especialização em finanças internacionais.

Therese Walsh

Bacharel em Comércio e Administração, contadora certificada e dama condecorada
Diretora Não Executiva Independente (nomeada em 1º de maio de 2016)

Dame Therese Walsh.

A dama Therese Walsh é uma diretora independente e, atualmente, também é vice-presidente da TVNZ Ltd, diretora da NZX Limited e do ASB Bank Limited, além de gestora do Wellington Regional Stadium e membro do conselho da Victoria University. Ela também integra uma série de comissões governamentais neozelandesas, incluindo a presidência da comissão de seleção e consultoria internacional do Ministério das Relações Exteriores e do Comércio.

Anteriormente, ela foi a líder da Nova Zelândia na Copa do Mundo de Críquete da ICC em 2015, além de diretora de operações para a Rugby New Zealand 2011 Limited. Ela também já foi diretora da seleção neozelandesa de críquete e da Save the Children NZ, diretora financeira da New Zealand Rugby Union e integrante da equipe que trabalhou na licitação vencedora para sediar a Copa do Mundo de Rugby de 2011. Antes disso, também foi auditora da KPMG.

A dama Therese é membro do Instituto de Contadores Certificados (ICA) e graduada em comércio pela Victoria University. Em 2013, ela foi apontada como a vencedora suprema inaugural da premiação Women of Influence e recebeu o prêmio de liderança do Sir Peter Blake Trust em 2014. Em junho de 2015, ela ganhou o título de dama pela ordem do mérito da Nova Zelândia.

Estatuto do conselho

O presente estatuto do conselho define a autoridade, as responsabilidades, a associação e a operação do conselho de diretoria da Air New Zealand Limited ("a empresa"). É aconselhável lê-lo junto com o estatuto da empresa.

Baixe o estatuto do conselho completo aqui

Independência dos diretores

O Conselho da Air New Zealand concordou em se submeter a um teste para avaliar cada um de seus diretores com critérios específicos para determinar se eles estão em posição de exercer julgamento independente. Para obter mais detalhes, consulte o documento do estatuto do conselho acima.

Um diretor independente é aquele que o conselho determinou assertivamente que não possui relação material com a Air New Zealand (seja diretamente ou como sócio, proprietário de seguros substancial ou funcionário de uma organização que possui um relacionamento com a empresa) que poderia comprometer o julgamento ou a tomada de decisões como diretor. É obrigatório aos diretores notificar o Conselho sobre todas as informações relevantes que podem afetar sua independência.

A maioria dos diretores do conselho da Air New Zealand e do comitê de auditoria são diretores independentes, incluindo o presidente.

Procedimentos de nomeação e seleção

O Conselho é responsável por nomear seus membros integrantes e por preencher possíveis vagas no Conselho entre as reuniões anuais. Ao considerar diretores em potencial para recomendar aos acionistas, o Conselho procura identificar candidatos com habilidades, conhecimentos e experiência adequados para contribuir com a direção efetiva da empresa, e que sejam capazes de exercer julgamento independente e informado em assuntos que cabem à diretoria, sendo desvinculados de quaisquer negócios ou relacionamentos que possam interferir com o exercício desse julgamento individual.

O presidente e o vice-presidente são escolhidos pelo Conselho completo.