Veja as taxas de excesso de bagagem selecionando o seu ponto de embarque a partir das opções do menu à direita.

As taxas indicadas dentro desta seção são aplicadas quando as franquias de bagagem e as taxas da Air New Zealand se aplicam. As taxas aplicam-se com base no país de embarque de cada voo a menos que indicado o contrário.

Caso esteja viajando com excesso de bagagem, lembre-se de chegar ao aeroporto com tempo suficiente para preencher as formalidades necessárias no check-in. O seu excesso de bagagem será transportado sujeito a disponibilidade de espaço no seu voo e as taxas serão cobradas no aeroporto.

Como alternativa ao pagamento de taxas de excesso de bagagem, considere a possibilidade de enviar roupas e itens pessoais como bagagem desacompanhada.

Viagens para/dos EUA

Por exemplo, para viagens originando nos EUA para qualquer destino. Para viagens cuja origem ou destino final no bilhete for uma cidade dos EUA, ex.Auckland a Los Angeles via Nadi (aplica-se a viagens de um só trecho ou de ida e volta). Não inclui viagens para/via os EUA com destino a outro país, ex. Londres a Auckland via Los Angeles, mesmo que estiver fazendo uma parada em Los Angeles.

A legislação dos EUA exigem que todos os passageiros cuja viagem se origina nos EUA ou que estejam viajando para os EUA como destino final, tenham as mesmas franquias de bagagem e taxas para todo o itinerário emitido. A legislação também exige que a primeira companhia aérea que consta no itinerário emitido segundo determinado pelo número de voo (ex. o código da companhia aérea ou o código publicado pode não ser igual ao da companhia aérea que opera o voo) determina a franquia de bagagem e as taxas a serem aplicadas. Isto significa que apesar de ter um bilhete da Air New Zealand com pelo menos um voo com a Air New Zealand, as franquias de bagagem e as taxas que se aplicam podem ser da outra companhia aérea.

Quando o primeiro voo em seu bilhete tenha um número de voo da Air New Zealand (por exemplo NZxxx) na maioria dos casos as franquias de bagagem e as taxas de excesso da Air New Zealand se aplicam para toda a viagem. Uma exceção a este caso é quando o voo mais longo (ex.o mais importante) na primeira parte do seu itinerário não tenha um número de voo da Air New Zealand. Neste caso, as franquias de bagagem e as taxas que se aplicarão para toda a viagem serão as da companhia aérea do trecho mais longo.

If a carrier other than Air New Zealand is the first carrier on your ticket then that carrier determines the baggage allowances and charges that apply for the entire ticketed journey. That carrier may choose to apply their own baggage allowances and charges or apply those of the “Most Significant Carrier” (MSC).

Caso esteja viajando em ambas direções na mesma classe de viagem a mesma franquia e taxas serão aplicadas em ambas direções. Caso esteja viajando em uma classe ou com uma tarifa diferente (por exemplo Executiva Premier em uma direção e classe Econômica na outra ou Assento e Assento + Bagagem), a franquia e as taxas da mesma companhia aérea continuarão a ser aplicadas, mas as franquias podem diferir pois estas estarão baseadas nos tipos de tarifa aplicável e nas classes de viagem comprada.

Caso a viagem contenha mais de um bilhete, as regras referentes às bagagens se aplicam a cada um dos bilhetes separadamente, é muito provável que tenha que pagar franquias e taxas de excesso diferentes, etc., para cada um dos itinerários que estiverem em bilhetes diferentes.

Refira-se ao seu bilhete eletrônico que indica a sua franquia de bagagem despachada e a companhia aérea cujas franquias e taxas serão aplicáveis.

Caso esteja indicado que a Air New Zealand é a companhia aérea que determina as regras que se aplicarão para as bagagens, é possível verificar as tarifas de excesso de bagagem selecionando o ponto de embarque do primeiro voo no seu bilhete no menu de opções à direita.

Para voos internacionais de longa distância que incluem viagens aos EUA com destino a outro país e o seu bilhete indica uma cidade dos EUA (por exemplo, de Auckland a Londres com uma parada em Los Angeles (Los Angeles estando indicada como cidade no bilhete) ou Auckland a Toronto Canada via São Francisco ou outra cidade nos EUA.

As franquias de bagagem e as taxas podem diferir entre as diferentes companhias aéreas e em todo o seu itinerário, dependendo se a viagem é realizada totalmente com a Air New Zealand ou com uma combinação de companhias aéreas.

Quando a viagem é realizada inteiramente com voos emitidos e operados pela Air New Zealand, as franquias de bagagem e as taxas da Air New Zealand serão aplicadas e qualquer taxa adicional estará baseada no seu bilhete para o qual está fazendo o check-in no dia da viagem.

Quando a viagem inclui voos com a Air New Zealand e outras companhias aéreas inclusive voos da Air New Zealand com código compartilhado e haja pelo menos uma cidade dos EUA indicada no seu bilhete, as franquias de bagagem e as taxas aplicadas serão aquelas da companhia aérea operando o trecho mais longo. Isto é o que se denomina "Companhia Aérea mais Importante" (MSC).

Ao fazer o check-in com outra companhia aérea, as franquias e as taxas aplicadas por aquela companhia aérea se aplicam. Quando franquias e taxas adicionais são impostas, a Air New Zealand não se responsabiliza por estas taxas.

Para todos os demais voos internacionais de longa distância que não incluem uma cidade dos EUA, por exemplo, Auckland a Londres (em um voo NZ 2 que faz escala em Los Angeles mas Los Angeles não está indicada no bilhete) ou Christchurch a Sydney e em seguida fazendo conexão com outra companhia aérea.

Ao fazer o check-in com a Air New Zealand, as franquias e as taxas de bagagem da Air New Zealand serão aplicadas. Conserve o seu bilhete de bagagem para apresentá-lo à companhia aérea com a qual fará a conexão, como prova de que já pagou o excesso de bagagem pois esta pode vir a cobrar uma taxa de bagagem adicional. Quando franquias e taxas adicionais são impostas, a Air New Zealand não se responsabiliza por estas taxas.

Ao fazer o check-in com outra companhia aérea, as franquias e taxas da companhia aéreas em questão se aplicam e a New Zealand não se responsabiliza por estas taxas.

Caso o seu voo seja operado por uma das companhias aéreas associadas à Air New Zealand, será necessário verificar a sua franquia junto à companhia aérea que opera o serviço.

EXCEÇÃO: As taxas de excesso de bagagem da Air New Zealand se aplicam aos voos da Air New Zealand operados pela Virgin Australia (números de voo (NZ 7000 - 7999). Para saber mais sobre a Aliança Austrália- Nova Zelândia.

Bagagens adicionais pré-pagas

Para evitar pagar o preço total de excesso de bagagem no aeroporto, a Air New Zealand introduziu Bagagens adicionais pré-pagas, Extra Bags, que permite comprar bagagens adicionais além de sua franquia gratuita de bagagem despachada (até um máximo de três bagagens no total, incluindo os benefícios adicionais dos passageiros frequentes, quando for o caso), por um preço bem menor que você irá pagar no aeroporto.

As bagagens adicionais estão somente disponíveis quando as franquias e taxas da Air New Zealand se aplicam a voos operados pela Air New Zealand e podem ser selecionados ao fazer a reserva online, através da Central de Atendimento ou adicionando a uma reserva já existente até 3 horas antes do seu voo internacional ou 30 minutos antes dos voos domésticos na Nova Zelândia.

Caso esteja difícil colocar tudo na sua mala e tenha a referência da sua reserva em mãos, porque não verificar se é possível acrescentar Bagagens adicionais.